A Comunicação Social noticiou, há algumas semanas, ter sido instaurado um Inquérito Criminal contra o Procurador-Geral da República, e outros magistrados do Ministério Público.
A este propósito, informa este Tribunal que o referido inquérito foi arquivado por despacho de 17 de Novembro; após diligências efectuadas pelo Conselheiro inquiridor, este concluiu não se terem apurado indícios de nenhum dos crimes denunciados.