Notícias

17
Nov2020

Receção dos primeiros veículos elétricos do Supremo Tribunal de Justiça

O Supremo Tribunal de Justiça de Portugal recebeu os primeiros veículos elétricos para uso da instituição. O STJ assumiu o compromisso e entendeu dar o exemplo na mobilidade elétrica numa cidade e num país que se quer menos poluente e menos poluído.
A questão dos custos ambientais, mas também com o uso e a manutenção foi um dos argumentos que pesou na decisão de se adquirir doravante, sempre que possível, esta tipologia de veículos, sendo o compromisso de Portugal depois do Acordo de Paris sobre Alterações Climáticas de reduzir em 24% as emissões do setor dos transportes até 2030, bem como o objetivo de atingir a neutralidade carbónica até 2050.
A mobilidade elétrica tem crescido em Portugal e com esta aquisição, o Supremo Tribunal de Justiça espera fazer parte da vanguarda da proteção ambiental e mudança para um mundo mais verde.